BBS-ANGOLA

No Brasil

No ano de 1999, John Schulz, com o projecto de criação de um novo conceito de escola de negócios, firmou uma parceria com a conceituada University of Richmond localizada na Virgínia, EUA. Este foi o primeiro passo para que em junho de 2000 a BBS – Escola Internacional de Negócios iniciasse suas atividades e oferecesse o curso MBA Executivo em sua sede, na cidade de São Paulo.

O perceptível  sucesso após a conclusão da primeira Turma, foi consolidado com a classificação de um dos Melhores MBAs Executivos. Em 2004, a Você S/A colocou a BBS como melhor MBA oferecido por uma instituição privada nacional no país.

Em 2005 a BBS – Escola Internacional de Negócios desenvolveu dois novos projetos; o curso de MBA com foco em empreendedorismo, realizado em Fortaleza a convite da Bolsa Regional do Ceará e a criação do Instituto de História e Economia e a publicação de uma Revista Acadêmica que conta com a participação de pesquisadores de alto nível academic e experiência professional.

Em 2017, diante da crise brasileira, os sócios decidiram fechar a unidade São Paulo para se dedicarem a Angola onde a BBS consolidou a sua posição. Neste ano, seu fundador, John Schulz, aposentou-se permanecendo como Reitor Emérito.

Em Angola

A ideia de estabelecer uma nova escola em Luanda surgiu do forte laço cultural existente entre Brasil e Angola, do recente crescimento da economia e da necessidade dos executivos aprimorarem suas habilidades gerenciais. Essa união caracterizou o mercado como um dos mais promissores para a implementação de cursos de alto nível em formação executiva.

O projecto de expandir suas fronteiras e estabelecer uma unidade em Luanda foi concretizado no ano de 2006 em parceria com o grupo local, o que fez da BBS a primeira escola de negócios de Angola, a formar desde então os principais executivos do país. Desde então a BBS certificou 22 turmas, 660 alunos. 

As turmas eram constituídas, inicialmente, por gestores de grandes empresas e de bancos de Angola e as aulas ministradas pelos mesmos professores renomados que lecionam nas maiores e maiores Instituições de Ensino em São Paulo fortalecendo ainda mais o intercâmbio cultural e a troca de experiências. Como um dos diferenciais, o programa contempla um módulo em São Paulo, onde os alunos angolanos assistem disciplinas e palestras com os alunos brasileiros e fazem visitas técnicas em empresas na região permitindo consolidar assim os conhecimentos desenvolvidos, contribuindo na formação do network internacional.

Em 2008, considerando ser Angola um verdadeiro canteiro de obras com inúmeras oportunidades de projetos em todas os segmentos, em especial em infra estrutura e serviços abriu-se a primeira turma no MBA em Gestão de Projectos. Aí plantou-se a ideia, uma pequena semente, para que alunos constituíssem o primeiro Capítulo do PMI (Project Management Institute) em Angola. 

Em paralelo percebeu-se a grande oportunidade em atender ao grande público de profissionais de Recursos Humanos das empresas Angolanas que admitiam e capacitavam milhares de novos profissionais necessários para atender a uma economia punjante desde 2002. 

Surge então a nova classe média Angolana e assim os mais jovens líderes buscam no MBA uma oportunidade de desenvolvimento, experiências profissionais com os formadores que vêm do Brasil com uma enorme bagagem como executivos de grandes corporações e consultores com larga experiência em diversos tipos e portes de projetos, podendo assim colaborar com esta nova geração de líderes.

Em 2013 a BBS abriu seu segundo Campus em Luanda na região de Talatona para atender assim aos alunos que por ali moram e trabalham.

Em Novembro de 2017, após formadas 10 turmas no MBA em Gestão de Projectos, nossos alunos e outros profissionais Angolanos formalizam em sua 1o. Conferência em Gestão de Projectos estabelecendo assim, o início dos trabalhos do 1o. Capítulo do PMI em Angola, com apoio e parceria da BBS – Escola Internacional de Negócios Angolana. 

Desde Janeiro de 2018 a BBS inicia um forte processo de restruturação na sua gestão, na contínua busca por aperfeiçoamento. Neste processo o Reitor Emérito, John Schulz, está a estabelecer e consolidar  parcerias com Universidades de Portugal para os Mestrados de Finanças e de Projectos enquanto mantemos as parcerias tradicionais com a University of Richmond e a Sacred Heart University de Luxemburgo.

Além do mestrado, estamos incluindo na nossa programação cursos de curta duração abertos e in company nas áreas de gestão, saúde, logística, informação da tecnologia, finanças, marketing e talentos humanos.        

 Outra importante mudança refere-se às parcerias com sócios comerciais nas províncias de Benguela, Cabinda, Huambo e Lubango. Em breve estaremos com vocês. 

Venha ser um de nós e compor essa história de sucessos.